Criar Contacts

O que nos motiva a comprar uma peça de roupa?
18 . Julho . 2017
  • Moda
  • Motivação
  • Marketing comportamental

Somos todos diferentes. Cada um tem a sua experiência de vida, os seus gostos, as suas perceções, ou seja, 7 mil milhões de pessoas únicas e irrepetíveis. Mas há algo que está intrínseco a todos nós: temos motivação e, a partir dela, temos comportamentos que nos fazem agir de certa forma – human nature! E isto verifica-se em todo o tipo de ações: decidir o que tomar ao pequeno almoço, o destino de férias… e, claro, o que queremos vestir. Destacamos 5 motivos que influenciam as nossas escolhas quando queremos comprar uma peça de roupa.

1. Necessidade

Se a motivação é comprar uma peça de roupa porque se precisa, e não há algo para substituir, então temos comportamentos como evitar ir ao shopping e, se vamos, não perdemos tempo como procurar por várias alternativas: dirigimo-nos à loja e ao artigo em questão, sem grandes desvios. E, se a fila estiver longa, saímos da loja e compramos online, porque não queremos perder muito tempo com a compra. Concluindo, não somos exigentes: é aquilo que precisamos e basta!

2. Destacar-se dos outros

Queremos ser vistos como únicos, com peças irreverentes, com algo que nós não vemos numa loja de fast-fashion, então temos comportamentos como, por exemplo, comprar peças vintage. E, nos últimos tempos, devido ao facto de o mundo estar a ser dominado por Millennials, caraterizados essencialmente por quererem lutar por significado e por fazerem mais e melhor, então o vintage assume um papel importante pois são peças únicas e com história.

Para além disso temos comportamentos como comprar em pequenos mercados de rua, onde as peças são feitas por pequenos artesãos e artistas, e sabemos que ninguém terá nada como aquilo que estamos a comprar, ou personalizar as próprias peças com tecidos antigos, rendas, peles, de forma criativa. Concluindo, a motivação baseia-se em querer destacar-se da multidão, ser visto como alguém diferente e sem medo de arriscar.

3. Pertencer a algo

Querer ter o mesmo estilo que os nossos amigos ou querer pertencer a um grupo específico também pode ser um motivo para comprarmos uma peça de roupa. Desta forma, a atenção às redes sociais, e o próprio contacto entre amigos determina as lojas a visitar (quais as mais conhecidas dentro do grupo) e qual o estilo pelo qual estão neste momento a optar, entre outros. Basicamente, procura-se pertencer a algo que vai para além do que vestimos, mas sim, daquilo que nos faz parecer quando estamos com determinada peça e agimos como tal.

4. Parecer-se com uma celebridade

Quantos de nós já não olharam para alguém conhecido, e não dissemos “Queremos ter igual!”? A verdade é que somos muitos! E para termos acesso a essas peças, lemos as revistas e blogs onde as nossas celebridades aparecem e tentamos estar constantemente a par do que elas andam a vestir para podermos ter igual. Ou até mesmo coleções especiais que elas lançam para o público - somos os primeiros a comprar!

5. Preocupação com causas sociais

Cada vez mais as empresas aliam-se a causas sociais com o objetivo de criar um impacto na sociedade e as pessoas adoram isso! Quando o consumidor compra uma peça de uma determinada marca que está a doar 10% do preço da camisola, sente-se bem pois sente que parte do que acabou de gastar foi investido numa causa – estando, assim, indiretamente a ajudar. Sendo assim, criamos uma relação com a marca e acabamos por comprar não só pela peça, mas sim pelo que ela significa para os outros (e para nós). Até mesmo marcas que usam produtos biodegradáveis, reciclados ou que não tenham sido testados em animais são muito apreciadas pelo consumidor e podem ser motivo para adquirirem o produto (mesmo que não precisem deste).


Em suma, as atitudes, preferências, e motivações influenciam o comportamento do consumidor e cabe às empresas tentar perceber o melhor possível o que vai na cabeça de quem compra para que assim possam fornecer um serviço adaptado e um produto que satisfaça o cliente. Desta forma, convidamo-lo a ver os nossos serviços para perceber de que forma o podemos ajudar na deteção das motivações dos consumidores e como mudá-las a seu favor, para que assim possa atingir o sucesso com o seu negócio!

Catarina João Vieira

Twitter

Facebook