Porque é a estrutura do site importante para SEO?

Porque é a estrutura do site importante para SEO?
20 . Fevereiro . 2019
  • seo
  • estrutura de site

Viajante olha para um mapa de uma cidade

A estrutura é um dos aspetos mais importantes na construção de um site fazendo com que o acesso à informação seja feita de uma forma rápida e eficaz. Uma estrutura de qualidade é, também, um fator extremamente importante para que tenha um site otimizado para os motores de busca (SEO). Neste artigo vamos abordar alguns aspetos a ter em conta quando planear a estrutura do seu site:

Viajantes, cidades e sites

Quem gosta de viajar está ciente do desafio que se coloca quando se pretende encontrar uma localização entre as ruas sinuosas de uma cidade antiga, mesmo olhando para um mapa. Por outro lado, quando se visita uma cidade moderna e utilizando um mapa, as suas ruas desenhadas de uma forma geometricamente harmonizada permitem ao viajante perceber onde está, entender os elementos que a compõe e rapidamente encontrar o que procura, quase de uma forma intuitiva. Mas o que têm os viajantes e as cidades em comum com os sites? A resposta está na organização.

Porque deve um site possuir uma boa estrutura?

1. Maior probabilidade de sucesso em termos de SEO

Um site com uma boa estrutura é mais facilmente indexado e reconhecido pelos motores de busca como algo que faz sentido, o que o poderá levar a ser privilegiado nos resultados de pesquisa em detrimento de outros.

2. Melhor experiência para o utilizador

Se um site está bem organizado, o utilizador consegue navegar no mesmo com maior facilidade, encontrando o que pretende mais rapidamente. E num mundo onde o utilizador está sempre no centro, a experiência deste é o mais importante.

3. Melhor orientação estratégica em termos de conteúdo

É mais fácil criar conteúdos relevantes para o site e saber em que áreas apostar quando este está melhor organizado.

Quando deve ser pensada a estrutura de um site?

A preocupação de elaborar uma boa estrutura para um site deve estar presente desde o planeamento do mesmo.

No caso de sites existentes é necessário avaliar o impacto que uma alteração da estrutura do site e do formato dos URLs podem ter em termos de rankings e tráfego. Se ainda assim se chegar à conclusão que alterar a estrutura é a melhor política, é necessário verificar quais as páginas que são alteradas para que as páginas de destino fiquem com os links (e possivelmente rankings) das páginas que já existiam, através de um redirect 301.

Como elaborar uma boa estrutura para um site?

1. Definir objetivos do site

A forma como a informação está organizada vai depender, essencialmente, dos objetivos/propósito que esta serve. Ao elaborar a estrutura do seu site, os objetivos do mesmo devem estar bem definidos.

2. Definir a organização do site

  • Hierarquia

Ao definir a hierarquia de um site deve ter-se em atenção que deve ser simples e equilibrada, com poucas páginas no menu principal, que faça sentido para quem a vê e que possua um número de conteúdos por página de menu que mantenha o site equilibrado. Uma boa ideia é fazer com que o site pareça uma pirâmide “achatada“. Um exemplo de hierarquia com estas características é:

Exemplo de uma hierarquia equilibrada de um site
Exemplo de uma hierarquia equilibrada de um site

  • Páginas e conteúdos

As páginas principais devem ser definidas com base nos termos estratégicos (keywords) que definem o site. Estas páginas, devido à sua importância, vão fazer parte do menu, estão ligados diretamente ao domínio e normalmente são importantes em termos de SEO (Search Engine Optimization). O número destas páginas não deverá exceder as 8.

As ramificações destas páginas vão possuir conteúdos mais específicos relacionados com a página principal, que devem ser organizados consoante a sua ordem de importância e especificidade. Um site deve, no máximo e de preferência ter 3 níveis de páginas (a contar a partir das que fazem parte do menu = 1), uma vez que a relevância das páginas para os motores de busca vai-se diluindo consoante a distância a que estas estão da homepage (daí a necessidade da pirâmide ter de ser achatada).

Um site bem estruturado permite oferecer ao utilizador uma grande experiência, definir quais os termos para as páginas mais importantes e qual a estratégia de conteúdo do site, o que são fatores relevantes de ranking nos motores de busca.

3. Definição dos URLS

Os URLs devem seguir a estrutura definida para o site. Vamos supor que o site que pretende construir é de uma associação de animais (amigosparaadotar.com) cujo objetivo é fazer com que as pessoas adotem animais. O site para adoção de animais tem, na sua maior parte, cães e gatos, mas possui também outros animais.

As páginas principais deste negócio podem ser “Cães para adotar“, “Gatos para adotar“, “Outros animais para adotar“ e “Sobre a Associação“. Seguindo as orientações acima definidas um exemplo de uma estrutura equilibrada de site para este exemplo é a seguinte:

Exemplo de estrutura de site para associação de animais

Figura 1: Exemplo de estrutura de site para associação de animais

Os URLs seriam construídos com base nesta estrutura de site, ficando o “exemplar” 1 com o seguinte formato:http://amigosparaadotar.com/caes-para-adotar/raca-1/1, e assim sucessivamente.
Regras para construção dos URLs

  • Letra minúscula
  • Sem acentuação ou caracteres especiais
  • Termos separados por hífen
  • Que permita, em poucas palavras, saber do que se trata (texto)
  • Máx. 74 caracteres

Os URL’s bem construídos fazem com que uma página se torne mais relevante para os motores de busca.

4. Links internos

Um site bem estruturado deve, também, possuir links internos entre as diferentes páginas – páginas que abordam temas semelhantes, e cujo link acrescente valor à informação disponibilizada.

Os links internos tornam a navegação mais fácil e fazem com que se identifiquem facilmente conteúdos relacionados.

Recomendação adicional

Após criar a estrutura do site é importante submetê-lo nos principais motores de busca (principalmente Google e Bing). Cada vez que o site for alterado é recomendável inserir um novo Sitemap.

A presença de um sitemap permite aos motores de busca indexarem mais rapidamente o seu site.

Em resumo:

Uma estrutura de qualidade beneficia o seu site em termos de SEO porque:

  • Permite que os motores de busca indexem, mais facilmente, o seu site.
  • Ajuda a identificar quais as páginas (e keywords) mais importantes do site
  • É um indício de qualidade para os motores de busca
  • Contribui para a criação de uma estrutura de URLs melhorada
  • Contribui para uma melhor experiência do utilizador
  • Permite saber como os conteúdos das diferentes páginas estão relacionados entre si  

Conclusão

Um site que siga estas recomendações (pensar estrategicamente, definir uma estrutura de site simples e equilibrada, destacar conteúdos importantes e criar tópicos secundários a volta desses conteúdos, desenvolver os sitemap, criar URLs amigáveis com base na estrutura do site e criar links internos) torna-se mais organizado, proporciona uma boa experiência aos seus utilizadores, permite-nos saber qual a orientação estratégica a seguir e tem mais probabilidades de ocupar uma posição melhor em termos de SEO.

Alguém que já tenha um site mas que considere que a informação pode ser melhor apresentada pode fazer também este exercício e decidir, com base na análise do impacto que estas mudanças podem ter no seu tráfego (mudanças em sites com rankings podem levar à perda desses rankings), se vale a pena modificar a sua estrutura de website.

E, voltando a analogia com a cidade: Assim como uma cidade moderna, um site deve possuir uma estrutura harmonizada, que permita ao utilizador/motores de busca saber a sua localização dentro do site e quais os elementos que o compõem, encontrando rapidamente o que procura. E essa experiência pode ser melhorada se tiver um mapa que qualquer utilizador, independentemente das suas características, consiga compreender facilmente.

 

Por Bruno Cea

Twitter

Facebook